Home
Iniciantes
Passo a passo
Papéis
Origamistas
Desafios

 

VIDEOS:

Variados
Kusudamas
CPs
Criação
Miscelânea
Queimando

tadashimori.br@gmail.com




Passo a passo

 

Nesta página estarei auxiliando nos passos a se seguir para aprender a fazer os diversos tipos de origamis até chegar na fase de criação se seus próprios origamis. Claro que isso depende mais da sua própria criatividade, mas podemos entender alguns aspectos que podem nos ajudar nessa caminhada.

Esta página ainda está em construção, com o tempo estaremos disponibilizando mais links pertinentes e alguns diagramas quer forem autorizados.

Iniciantes: Aprendendo a ler diagramas

A primeira coisa que devemos aprender é a ler os diagramas, para isso temos a seção de iniciantes.

Sabendo ler os diagramas devemos então, como em toda arte, praticar para aperfeiçoar a técnica. Para isso deixarei aqui o link para dois sites com vários diagramas:

Origami Club
Origami.com

Também temos os nossos vídeos que são, em sua maioria, de nível fácil.

Não importa muito qual tipo de papel você vai utilizar para fazer esses primeiros origamis pois as dobras ainda são bem simples, então escolha o papel pela cor e textura que mais te agradar. Uma opção barata e com uma boa cor é o papel espelho.

Bom, agora que seuas mãos já estão mais acostumadas com dobrar o papel, vamos seguir adiante.

Nível intermediário: Ampliando o conhecimento.

Nesse ponto os origamis vão se ramificar para diversas direções e você deverá escolher qual caminho mais te agrada (Ou pelo menos conhecer os caminhos). Vamos agora listar alguns desses origamis e algumas outras artes com papel:

Modulares: Modulares são os origamis feitos com várias folhas dobradas da mesma maneira e depois juntadas. Dentre eles existem dois tipos mais famosos.

 

Kusudama: Uma bola ornamental feita para deixar pendurada. (Kudama = Kussuri + Tama = Bola de Remédio, seu nome se dá pois no Japão antigamente eram usadas bolas com remédio e ervas aromáticas para enfeitar o ambiente.)


omega star feito com 6 folhas
Block Folding: Vários módulos triangulares encaixados formando enfeites. Dentre eles os mais famosos são o pavão e o cisne.

Existem também os modulares que não se encaixam em nenhuma dessas definições como o omega star e algumas figuras geométricas.

Paper Craft: Não é considerado um origami mas provavelmente você ouvirá esse nome mais vezes. Consiste em imprimir algumas imagens que devem ser recortadas e coladas nos pontos certos, formando as figuras desejadas.

Origami Tesselation: Consiste em formar mosaicos e figuras diversas deixando o modelo ainda achatado. Basicamente, seria o mesmo que desenhar em um papel utilizando apenas dobras.

Kirigami: (Kiri=cortar + kami=papel) É o origami feito utilizando alguns cortes no papel.

Wet Folding: Consiste em passar uma esponja úmida ou borrifar água em um origami pronto para poder fazer curvas no papel. Um origamista que utiliza muito essa técnica é o Eric Joisel, um dos melhores origamistas do mundo.

Tradicional: Origami feito com um papel, sem cortes e sem uso de cola.

Eu sigo mais a linha do origami tradicional. Prefiro fazer tudo a partir de uma folha quadrada, sem cortes e sem cola.


"Dragon in Flight" criado por Charles Esseltine

O problema de fazer os origamis tradicionais intermediários é que em alguns deles você não obterá um bom resultado utilizando um papel qualquer. Experimente utilizar o papel de ceda colado em papel laminado. Mas esteja preparado pois será bem mais difícil de se fazer as dobras sem amassar o papel. Veja também a seção sobre papéis.

Continue no site Origami.com para encontrar os origamis de nível intermediário. Recomendo o Dragon in Flight pois temos vídeos explicando como fazer o origami, então se você se perder em algum passo do diagrama, é só procurar pelo vídeo. Tente também o Pégasus de Aníbal Voyer quando você se sentir preparado para ir ao nível avançado.

Nível avançado: Horas e horas dobrando o mesmo papel

Para fazer os origamis mais complicados você deverá saber preparar seu próprio papel ou saber qual papel comprar para cada tipo de origami. Outro requisito será conhecer os origamistas para assim você saber como procurar pelos diagramas.

Infelizmente não podemos disponibilizar diagramas aqui devido aos direitos autorais. Mas geralmente encontro esses diagramas com outras pessoas na comunidade "A arte do origami" do orkut, ou em sites como o 4shared.

Algumas dicas de origamis de nível avançado com diagramas bem feitos são o Violinista de Hojyo Takashi e o Ancient Dragon de Kamiya Satoshi. Só esses dois origamis renderão muitas (MUITAS) horas de diversão xD.

Criação: Mais conhecimento.

Agora falaremos de um assunto que poucas pessoas se aprofundam. A criação de origamis.

Apesar da criação se tratar principalmente de criatividade e menos de estudo, existem alguns passos que nos ajudam a entender como começar a criar.

A primeira coisa a se fazer é aprender a ler os CPs (Crease Pattern). O Crease Patern é uma figura contendo todas as dobras de um origami pronto. Seria o mesmo que fazer um origami, desdobrar ele inteiro e escanear o papel.

Entender CPs nos ajuda a entender de que parte do papel foi criada cada parte do origami pronto. É um exercício muito recomendado para quem quer criar origamis.

Existem sites como o do Eileen que tem um guia de como fazer alguns cps, mas recomendo mesmo que você tente fazer os CPs por conta própria. A maioria dos origamistas disponibilizam apenas os CPs de suas criações.

Vamos ver alguns termos úteis:

Box Pleating: O CP é formado apenas por linhas verticais, horizontais e de 45graus

Hex pleating: As linhas do CP formam apenas ângulos dos lados de um hexágono.

Circle Packing: Sáo os círculos desenhados em alguns CPs. Eles servem para mostrar uma região onde foram utilizadas várias vezes a mesma distância de uma ponta até outra. Um exemplo disso seria para fazer as patas de uma tarântula (Todas as patas devem ter o mesmo tamanho, resultando em vários circle packings de mesmo raio)

Agora decore alguns resultados obtidos pelas dobras. Utilizando dobras já criadas e aprendendo a ajusar a outro modelo fará com que você economize muito tempo. Essa bagagem ampla de conhecimento de dobras fará com que, com o tempo, você faça os origamis mentalmente. Chegando nesse ponto você estará pronto para criar os diversos tipos de origamis.

Espero ter ajudado de alguma forma com esse texto, com o tempo ainda estarei melhorando e escrevendo mais coisas aqui.

 

Boas Dobras!